Home > Comparativos de Motos, Motos e Afins > Comparativo Motos Custom: Suzuki Boulevard M800R 2012, foi a escolhida

Comparativo Motos Custom: Suzuki Boulevard M800R 2012, foi a escolhida

March 4th, 2012

Posso dizer que todas as motos consideradas no comparativo são excelentes e aqueles que possuirem qualquer um destes modelos está de parabéns. O que valeu para mim, pode não valer para outra pessoa, com expectativas diferentes, biotipo diferente, condições financeiras maiores ou menores, prioridades, preferências e por aí vai.

Os detalhes sobre o comparativo encontram-se no post Comparativo Motos Custom: Harley x Honda x Kawasaki x Suzuki x Yamaha.

Será que fiz a escolha certa? Só com o tempo virei a saber. Li muito (artigos, notícias, testes, etc), tanto nacionais quanto “lá de fora“. Perdi a conta de quantos vídeos assisti.

Fiz inúmeras visitas às concessionárias (infelizmente, aqui em Porto Alegre, não disponibilizavam “test drives” – um verdadeiro absurdo!), participei de longas discussões em forums de motociclistas e, aqui, quero dizer que o auxílio que recebi dos colegas motociclistas, seja na forma de questionamentos, orientações, “dicas” etc, foi inestimável.

Se você está escolhendo a sua próxima moto, não deixe de compartilhar as suas dúvidas e certezas com nossos colegas (pois é, muitas “certezas” que eu tinha cairam por terra). Você sempre terá muito a aprender!

Os sete modelos que foram considerados

  1. Harley-Davidson 1200 Custom
  2. Harley-Davidson 883 Roadster
  3. Harley-Davidson Dyna Super Glide Custom
  4. Kawasaki Vulcan 900 Classic
  5. Kawasaki Vulcan 900 Custom
  6. Suzuki Boulevard M800R
  7. Yamaha Midnight Star XVS950A

Quais os quesitos mais importantes para mim

Apesar de alquns quesitos serem mais importantes que outros (abaixo), e que alguns modelos não os atendiam, apresentavam outros destaques que “compensavam” a sua falta, por isto continuaram na disputa. Note-se que “mais importante” não quer dizer “imprescindível”, apenas que pesaram mais no momento da escolha.

Pela lista abaixo, pode-se ver de imediato que minha maior preocupação é com o conforto do piloto (uma vez que não pretendo rodar com garupa). Mesmo itens como tipo de transmissão (pela manutenção) ou suspensões (pela dirigibilidade) acabam refletindo no conforto, ou “rodar mais suave“.

  • Conforto para o piloto
    • Assento
    • Guidão
    • Posicionamento das pedaleiras e comandos
    • Menor vibração do motor
    • Menor calor irradiado pelo motor
  • Rodas de liga leve
  • Pneus sem câmara
  • Suspensões
  • Distância do solo
  • Rede de concessionárias

Os três modelos que se destacaram

  1. Harley-Davidson Dyna Super Glide Custom
  2. Suzuki Boulevard M800R
  3. Yamaha Midnight Star XVS950A

Porque a Boulevard M800R foi a escolhida

Com base nos critérios estabelecidos e priorizando os quesitos mais importantes para mim (acima), a Suzuki Boulevard M800R 2012 foi a moto custom de média cilindrada que melhor satisfez as minhas espectativas.

Suzuki Boulevard M800R

  • Melhor conjunto
  • Visual que mais me agradou (estilo “clássico atualizado”)
  • Acabamento primoroso
  • Melhor posição de pilotagem – postura do tronco, posição das pernas, braços e pés
  • Excelente posição do guidão – tamanho, formato, altura e proximidade do corpo
  • Excelente posicionamento das pedaleiras e comandos
  • O assento mais confortável para o piloto – dimensões, espessura, material e maciez da espuma
  • Melhor assento para o garupa – dimensões, espessura, material e maciez da espuma
  • Já vem com assento “solo” para o piloto – é possível remover o assento do garupa e deixar o para-lama traseiro aparente, pois o assento do piloto e do garupa não são uma peça inteiriça
  • Melhor painel – completo e com excelente posicionamento (dois paineis: um com intrumentos no guidão e outro com luzes indicadoras no tanque), não sendo necessário movimentar a cabeça para fazer a leitura dos instrumentos
  • Rodas de liga leve
  • Pneus sem câmara – 130/90-16 M/C 67W (D) e 170/80-15 M/C 77W (T)
  • Transmissão por eixo cardã
  • Suspensão dianteira “upside-down” (invertida) – melhor absorção das irregularidades do solo
  • Suspensão traseira progressiva e mono-amortecida, com bastante folga para oscilar e não bater no limitador, mesmo com garupa
  • Boa distância do solo – 140mm
  • Motor com boa potência e torque – 53,0hp a 6.000rpm e 7,04kgf.m a 4.000rpm
  • Motor com baixa vibração
  • Motor com arrefecimento líquido e ventilação forçada
  • Rede de concessionárias bem estabelecida, tanto em nível Brasil como no RS
  • Boa estrutura da Concessionária local (Starmax – Porto Alegre, RS)

Entretanto, nem tudo é positivo na Boulevard. Alguns pontos que considerei negativos:

  • Preço elevado
  • Falta um freio à disco na roda traseira – todas as outras seis motos consideradas dispõem de freio a disco na roda traseira
  • Deveria ter opção de freios com ABS – item de série na Dyna Super Glide Custom
  • Não gosto da estética do escapamento (acho muito exagerado e desproporcional)
  • Poucas opções de cores (apenas preta ou azul)

O segundo lugar ficou para a Yamaha Midnight Star XVS950A

Ela teve pontuação menor que a Boulevard M800R nos quesitos visual, assento do piloto, assento do garupa, tipo de pedaleiras (não gosto de plataforma para os pés, prefiro as pedaleiras convencionais), alavanca de câmbio (acionamento com a ponta do pé e com o calcanhar, por causa da plataforma para os pés), posicionamento do painel de instrumentos (em cima do tanque), guidão (muito grande e com formato arqueado para trás) e transmissão por correia dentada (prefiro cardã).

Empatou nos quesitos suspensões e motor. E obteve melhor pontuação em preço, freios (disco traseiro) e rede de concessionárias.

Foi um escolha bem difícil, pois entre a Midnight Star e a Boulevard M800R havia uma diferença de R$ 3.800,00 em favor da Midnight Star. Creio não estar errado ao dizer que a Midnight Star é a custom de média cilindrada que apresenta a melhor relação custo/benefício.

Yamaha Midnight Star

Quadro Comparativo de Especificações das Motos Avaliadas

(Clique na Imagem para Ampliar)

Comments are closed.